Orientações da Medicina Chinesa para desenvolver Saúde e prevenir doenças na Estação do Verão

Orientações da Medicina Chinesa para desenvolver Saúde e prevenir doenças na Estação do Verão

Prof. Mauricio C. Pellegrini

Um dos ensinamentos mais importantes da Medicina Chinesa é que existe um continuum integrado, sem fronteiras, entre o organismo humano e o ambiente que nos cerca. O Zhi Zhen Yao Da Lun (Grande Tratado sobre os Essenciais dos Mais Confiáveis, Su Wen, Capítulo 74) diz: “O Céu e a Terra são o Grande Princípio, o Shén (Consciência) do Ser Humano os penetra e os reflete.” (天地 之 大 紀 ,人 神之 通 應 也). Existem duas palavras de importância vital nesta frase. Primeiro é a palavra tong  (通) ou “penetrar”. Esta palavra implica um movimento através de algo, mas também uma relação com. No Shuo Wen Jie Zi, o dicionário da Dinastia Han que fornece explicações detalhadas das imagens de caracteres chineses, a definição de tong é “da”, para estender ou alcançar algo (通 : 達 也), e a definição de “da” é se mover sem encontrar resistência. (達 : 行 不 相遇 也). Assim, tong significa algum tipo de conexão desimpedida com algo. No contexto da Medicina Chinesa, essa conexão é com o mundo natural ao nosso redor.

A segunda palavra importante nesta frase é ying 應 ou “refletir”. A definição de ying é “dang“, “para corresponder igualmente” (應 : 當 也). Isso faz com que nossa citação original do Huang Di Nei Jing Su Wen (Questões Simples do Clássico de Medicina Interna do Imperador Amarelo) tenha um significado bastante profundo. De acordo com o antigo observador, aquilo que é eterno e constante é a ciclagem do mundo natural ao nosso redor, tanto aqui na terra como no céu acima. Os seres humanos foram criados como pequenos microssistemas desse mundo natural maior. Não só estamos em constante relação com a natureza ao nosso redor, mas na verdade somos versões em miniatura dela. Os seres humanos combinam e são iguais à estrutura do mundo natural. A teoria mais básica e fundamental da medicina chinesa é que, se permanecermos em harmonia com as coisas ao nosso redor, teremos uma vida longa e saudável.afirmação, apesar de sua franqueza, seja ampla e profunda, pode ser entendido que um dos métodos mais importantes de se ter uma vida longa e saudável é entender os padrões básicos do mundo natural e viver de uma maneira que se mova com ele, ao invés de contra esses padrões.

Yin, Yang e as cinco fases do verão

Todos os ciclos são manifestações do movimento de Yin 陰 e Yang 陽, o fundamento essencial da Medicina Chinesa, e as estações não são diferentes. Tanto a primavera quanto o verão são estações Yang. Yang representa crescimento, expansão e movimento de saída. Certamente, esta época do ano as plantas estão em floração ativa e o clima é quente e ensolarado. A primavera começa esse movimento de crescimento e, em seguida, o verão assume o crescimento para amadurecer em sua extensão máxima. Assim, a Primavera é o Yang Menor (Shao Yang 少陽), os estágios iniciais de expansão e crescimento, enquanto o Verão é o Grande Yang (Tai Yang 太陽), a culminação do movimento expansivo na natureza.

Noutro importante Fundamento, o das Cinco Fases ou Movimentos (五行 理論), esse movimento do Grande Yang é chamado de “Fogo”. Além da temporada de verão, o Fogo está associado ao tempo do meio-dia. O fogo representa o calor e a cor vermelha. No corpo, o Fogo é o órgão Coração e a víscera Intestino Delgado. Por extensão desses órgãos internos, o Fogo também representa os vasos sanguíneos, a língua e a função da fala e da comunicação. O sabor do fogo é amargo, seu grão associado é o sorgo, e o animal é a ovelha. A tradição ‘confucionista’ fala das Cinco Virtudes Constantes (五常), e a virtude associada ao Fogo é a conexão ritual sagrada – Li (禮).

No Huang Di Nei Jing (ou Neijing, para abreviar) há uma declaração de 8 caracteres famosa que diz 春生, 夏長, 秋收, 冬藏 – “A primavera dá o nascimento, o verão desenvolve, o outono colhe e o inverno armazena.” O fogo representa este pináculo de expansão externa que é verão, e, portanto, nesta frase pode ser compreendido também como “crescimento”. O Neijing também diz 春夏養陽, 秋冬養陰 – “na primavera e no verão nutram Yang, e no outono e inverno nutram Yin“. É saudável, portanto, buscar alinhar-se a este movimento da natureza, no caso o do Fogo / Yang, mas precisamos ser cautelosos e sábios para fazer isso da maneira certa. Ambos, pouco (escassez) e muito (excesso), nos desviam da saúde. E neste artigo, você logo aprenderá formas básicas e práticas de realizar este alinhamento e obter mais saúde!

 O Neijing no Verão

O segundo capítulo de Su Wen do Neijing é intitulado ‘O Grande Tratado sobre o Regimento do Espírito com as Quatro Estações’ (四 氣 調 神 大 論 ). Este capítulo fornece descrições básicas das quatro estações e como devemos nos mover especificamente com elas, baseadas, é claro, nos fundamentos do Yin-Yang e das Cinco Fases. A seção deste capítulo que discute o Verão começa dizendo: “Os três meses de verão denotam opulência e florescimento. O qì e o céu e a terra interagem e a miríade de seres floresce e dá frutos”. Essa declaração básica define a estação como a fase Fogo e o Grande Yang. O comentário sobre essa sentença do médico da Dinastia Tang, Wang Bing, diz que “a geração do yang começa com a primavera. Quando se trata de verão, [o yang] é abundante e todos os seres crescem.” (Unschuld, pg. 46)

O capítulo continua com “Vá descansar tarde da noite e acorde cedo. Nunca se farte do Sol.”  Os dias de verão são mais longos do que o de todas as outras estações. Isto é, novamente, porque o verão é o maior yang de todas as estações. Certamente, dormir e descansar são importantes chaves para a saúde! No entanto, a natureza ativa do verão significa que também devemos ser mais ativos. O verão é a hora de estar ao sol e de ser mais ativo fisicamente. É a época do ano em que podemos ficar bem com menos sono (lembrando-nos sempre de encontrar um equilíbrio baseado em nossos níveis individuais de saúde). Por isso, o verão é também um momento propício para férias e viagens.

Esta passagem no Su Wen também dá conselhos sobre nossos estados mentais. Continua, “permita a mente não ter raiva, e as coisas florescerão lindamente”. A raiva é um movimento violento de para cima e para fora. Na medicina chinesa, faz com que o qì do fígado ascenda, o que pode resultar em uma abundância de calor que tem potencial para danificar o coração. Essa frase realmente representa o que acontece quando há muita expansão e crescimento. A palavra “medicina chinesa” em mandarim é Zhong Yi 中醫. A palavra Zhong 中 refere-se à nação da China, Zhong Guo 中國. No entanto, a palavra Zhong realmente significa “centro”. Assim, a medicina chinesa, Zhong Yi, é literalmente “medicina do centro”. O verão é o momento de estimular o crescimento e a expansão, mas lembre-se: o excesso é tão ruim quanto o pouco.

De acordo com o Neijing, essas diretrizes iniciais práticas nos trazem ressonância com o Verão e nos permitem nutrir esse ideal de crescimento e expansão. Se não conseguirmos harmonizar com a estação, o Neijing nos adverte que sofreremos doenças no outono e inverno a seguir. Portanto, vamos praticar e prevenir!  😊

Calor do Verão (Summerheat) – O Patógeno do Verão

A medicina chinesa reconhece três categorias básicas de causas de doenças conhecidas como as Três Causas (san yin 三 因) – causas internas, causas externas e causas nem internas nem externas. Causas internas são os Sete Sentimentos/Emoções (qi qíng 七情), que são alegria, raiva, preocupação, excesso de pensamento, tristeza, medo e pavor. Causas externas são os Seis Excessos (liù yin 六淫), ou seja, vento, frio, calor, calor do verão, umidade e secura. Causa nem interna nem externa (bu nei wai yin 不 內外 因) inclui quase tudo o mais que pode ser imaginado, como dieta inadequada, envenenamentos, parasitas, ambiente hostil, ferimentos, picadas de insetos, afogamento…

O Calor do Verão (shu 暑) só é contraÍdo nesta estação. Assim, o verão é único na medicina chinesa na medida em que é a única estação que tem uma causa de doença específica para ele. Exemplifica o que acontece quando há uma superabundância em uma direção de um padrão climático específico e como isso pode afetar negativamente a saúde. Certamente, o calor por si só é bom na quantidade adequada e no tempo adequado. No entanto, às vezes no verão o clima é quente o suficiente para causar doenças.

A Medicina Chinesa distingue entre duas variações do Calor do Verão: Calor do Verão-calor (shu re 暑熱) e Calor do Verão-umidade (shu shi 暑濕). O calor do Calor do Verão também é chamado de Apoplexia do Verão (zhong shu 中暑) e basicamente se refere ao que na medicina chama de insolação por exposição ao tempo quente. A insolação ocorre quando a temperatura do corpo atinge 40 graus Celsius (104 F) ou mais. Esta condição se manifesta adicionalmente com confusão, falta de sudorese, dificuldade respiratória, fadiga, cãibras musculares e possivelmente desmaios. Os primeiros socorros para a insolação incluem a mudança para uma área fria e sombreada e a aplicação de compressas frias ou geladas na cabeça, pescoço (até o ponto VG14, abaixo da vértebra C7), axilas ou virilha.

O Calor-úmido do Verão é uma variedade com mais sinais e sintomas de Umidade, embora isto ainda corresponda a um tipo de insolação na medicina ocidental. Os sinais e sintomas úmidos de calor do verão incluem náusea ou vômito, falta de apetite, peito entupido, membros pesados ​​ou fatigados e possivelmente diarréia. Vômitos e diarréia são especialmente perigosos, pois podem facilmente levar à desidratação, que pode ser uma emergência médica.

No clima extremamente quente do verão, é importante se vestir de maneira leve e ter cuidado com o esforço físico excessivo. Beber líquidos de qualidade (água filtrada levemente alcalina, água de côco, infusões adequadas, etc.) para se manter hidratado, é essencial. Média ideal de três litros divididos nos três períodos do dia. Algumas pessoas correm um risco maior de desenvolver insolação, como idosos ou muito jovens, ou pacientes que tomam certos medicamentos, como diuréticos. Em todos os casos em que os sintomas de insolação começarem, procure atendimento.

Alimentando-se no verão

Existem duas abordagens básicas para comer, uma abordagem preventiva que harmoniza o corpo com a natureza básica do Verão, e uma abordagem corretiva que resfria o corpo quando há uma exposição excessiva àquele Yang / calor. Vamos compartilhar aqui uma orientação básica preventiva para o verão que todos podem seguir. Em geral, as escolhas alimentares devem incluir legumes e frutas locais e sazonais, tentando incluir tantas cores quanto possível para representar todas as Cinco Fases ou Movimentos. Como o verão é a estação do maior Yang, e o Yang, por natureza, é leve e flutuante, a alimentação deve ser mais leve que em outras estações. Em geral, as refeições devem incluir apenas o mínimo de sal, pois o sal, por natureza, é condensado e decrescente (isto é, o oposto do verão). Embora o verão seja a hora do calor, é apropriado usar uma pequena quantidade de comida levemente picante. Sabores picantes induzem um movimento para cima e para fora do no corpo e, portanto, imitam o movimento do verão. Alimentos levemente picantes também induzem a transpiração suave para limpar o calor da superfície do corpo. Assim, uma pequena quantidade é garantida. No entanto, demasiada comida picante move o corpo para um estado excessivamente aquecido e, portanto, deve ser evitado.

Mesmo que possa parecer contra intuitivo, a medicina chinesa recomenda beber líquidos quentes durante o verão! A própria natureza do frio é congelar e contrair. Este movimento Yin também é o oposto da temporada de verão. O consumo de alimentos frios ao longo do tempo prejudica o funcionamento do Baço e do Estômago, levando ao acúmulo de umidade internamente. Como mencionado anteriormente, a umidade combina com o Calor de Verão como uma das principais patologias associadas ao clima mais quente. Beber bebidas quentes permite que o corpo permaneça hidratado, ao mesmo tempo em que induz uma transpiração moderada ao longo das linhas de ingestão de alimentos levemente condimentados. Para equilibrar melhor as bebidas quentes com o clima quente, é muito apropriado beber ervas ou chás suavemente refrescantes (na medicina chinesa, um alimento ou uma bebida podem ter uma natureza de “resfriamento”, mesmo que sejam tomados a uma temperatura quente). Com chás, em geral, os chás verdes são levemente refrescantes por natureza, enquanto chás escuros (como Oolong, Pu erh ou chás pretos) aquecem levemente. Um chá verde muito famoso que é reverenciado na China para o consumo de verão é Long Jing Cha 龍井茶, ou ‘Dragon Well Tea’.

Essa ideia leva à próxima orientação ao tipo de dieta para o verão: o consumo de alimentos que são levemente refrescantes. Especialmente quando o calor é intenso, ou quando as pessoas estão exibindo sinais de superexposição ao Calor de Verão, uma estratégia de dieta eficaz é incluir alimentos de natureza umedecedora e refrescante. A maioria dos vegetais tem uma natureza levemente refrescante, outra razão pela qual seu consumo é importante no verão. Os alimentos a considerar a adição diária incluem todos os tipos de brotos (por exemplo, feijão, lentilha, bambu, alfafa…), pepinos, melão, melancia, chuchu… Todos estes têm um leve efeito de limpeza e suavidade de calor. Frutas durante a temporada, como ameixas e pêssegos, também umedecem e clareiam calor. As ameixas, em particular, têm uma natureza ligeiramente azeda, pelo que beneficiam os fluidos numa altura em que a transpiração excessiva pode danificá-los.

Broto de Feijão (lü dou 綠豆) é um remédio importante especificamente para o Calor do Verão. Estes pequenos feijões verdes (o nome em chinês significa literalmente “feijão verde”) esfriam e desintoxicam o corpo, e são tradicionalmente usados ​​como um antídoto para diferentes tipos de envenenamento. Eles podem ser cozidos em sopas ou congees para ajudar o corpo a se adaptar ao calor extremo, e na China são transformados em sopas doces de sobremesa. Outro ‘remédio de comida’ muito famoso especificamente para Calor do Verão é melancia. Nos círculos de ervas chinesas, o apelido da melancia é “Decocção Natural do Tigre Branco”, batizada com o nome de uma famosa fórmula para limpar o calor interno (Bai Hu Tang 白虎 湯). A melancia pode ser consumida fresca ou suco.

Além dos alimentos ingeridos, o método de cozinhar também deve ser ajustado para a estação. Preferencialmente, os alimentos devem ser preparados usando métodos relativamente leves e rápidos, em outras palavras, técnicas de cozimento que imitam a natureza leve e rápida do Yang. Legumes podem ser refogados em fogo alto por curtos períodos de tempo, podem ser salteados ‘al dente’ ou cozidos no vapor. Os métodos de cozimento devem incluir mais água e menos óleo (apenas óleo de coco extravirgem é indicado). As frutas podem ser servidas levemente geladas no clima mais quente, mas ainda assim ter cuidado para evitar o consumo de grandes quantidades de alimentos gelados ou bebidas geladas.

Os alimentos e os métodos de cozinhar para evitar são todos os que restringem excessivamente o movimento do . Por exemplo, alimentos muito gordurosos ou oleosos criam estagnação e umidade, e assim são opostos ao movimento Yang do verão. Esses alimentos também prejudicam a função digestiva. Alimentos excessivamente doces (especialmente açúcares industrializados) também criam umidade, e, como já mencionado, alimentos muito salgados (industrializados) criam um movimento de Yin, para dentro, do Qì.

E por fim, aproveite o SOL, especialmente no Verão! Além da passagem já citada acima do Su Wen, o Sol é o “Fogo da Vida”, fonte pura de Yang Qì! Seus benefícios vão Muito além da famosa “vitamina” D3, que em verdade é um hormônio!  E acredite: o melhor momento para aproveitar este melhor alimento da Vida é ao Meio-dia!  Sim, ao menos 20 minutos com a maior parte da pele do seu corpo descoberto, ideal entre 30 a 40 minutos, claro seguindo o bom senso de sua sensibilidade da pele e fisiológica. Lembre-se sempre de beber bastante água de qualidade também neste interim!  😊

Dica: Role para baixo até o final deste artigo para receitas do verão!

Ervas para Calor do Verão

Além do ‘chá do dragão’ mencionado acima, há muitas ervas que podem ser consumidas para neutralizar os efeitos do Calor do Verão. Uma das mais acessíveis é a hortelã (bo he 薄荷). Hortelã-pimenta é uma erva chinesa comumente usada que tem um efeito suavemente compensador de calor. Também especificamente limpa o calor úmido do Verão. Para fazer chá de hortelã simplesmente insira folhas secas ou frescas em água fervente. Embora as folhas possam ser mergulhadas em água fervente, tome cuidado para não colocar as folhas em água fervente que é deixada na chama para continuar fervendo (em outras palavras, a melhor forma de preparo é a chamada infusão – por abafamento – e não a decocção – por fervura constante no fogo). Um dos motivos é que o ‘cozimento’ prolongado da hortelã-pimenta evapora seus óleos essenciais que nos são muito benéficos.

Outro chá de ervas comum para o verão é o crisântemo (ju hua 菊花). Crisântemo é ligeiramente refrescante e doce na natureza e, portanto, tanto limpa o calor como protege os fluidos corporais (jin ye). É especialmente útil quando o canal do fígado está superaquecido, resultando em irritabilidade, visão embaçada, dor de cabeça ou olhos vermelhos. No verão, pode ser tomado como uma bebida diária. Como a hortelã-pimenta, as flores podem ser mergulhadas em água fervente, mas não em decocção – fervura constante no fogo.

Outros chás que são levemente clareadores de calor para uso no verão são camomila (uma erva ocidental) e folha de lótus (ele ye 荷葉). Outro excelente chá de ervas para o verão, embora difícil de encontrar no oeste, é chamado Zhu Ye Qing 竹葉青. Este chá era um produto especial desenvolvido pelos monges budistas do Monte Emei, na província de Sichuan, na China. Na década de 1960, foi dado primeiramente a um estranho e depois disso tornou-se popular. Para aqueles que podem encontrá-lo, Zhu Ye Qing limpa calor e acalma o shén (psico-emocional), e pode ser tomado como uma bebida diária. O que todos esses chás têm em comum é que, ao contrário de ‘Dragon Well’, são todos livres de cafeína.

Acupressão e Patting para o Verão

Pequenos tapas (patting) em pontos de acupuntura ou ao longo dos canais, é uma técnica conhecida como Pai Da (拍打) que é um método importante de preservação da saúde tanto na Medicina Chinesa sendo uma forma de Qi Gong. Um dos melhores canais para limpar o calor – especialmente por excesso – é o canal Yang Ming. Yang Ming significa “Brilhante Yang”, por ser o canal que mais tem Qì e Xuè (sangue) relacionando-se ao Intestino Grosso e do Estômago. De fato, a maioria dos pontos muito importantes de acupuntura que resolvem o calor é encontrada nos canais do Estômago ou do Intestino Grosso.

Um dos melhores pontos para limpar o calor geral do organismo é o Qu Chi 曲池穴, o décimo primeiro ponto do canal do Intestino Grosso (IG11). Este ponto está localizado entre o final do vinco do cotovelo quando dobrado a 90 graus, do lado de fora e o epicôndilo lateral do cotovelo (veja imagem). É usado para tratar todos os tipos de condições de calor, incluindo febre alta, dor de garganta, vermelhidão dos olhos, agitação, comportamento maníaco e pele vermelha inflamada. Nos tempos modernos, é usado para tratar alguns tipos de hipertensão. Além de limpar o calor, Qu Chi abre o movimento do qì e do sangue nos membros superiores para tratar a dormência e a dor até nos ombros.

Acupressão em Qu Chi IG11

Existem algumas maneiras diferentes de estimular este ponto e canal, apropriados para uso geral no verão. Primeiro, Qu Chi pode ser tratado com acupressão. Usando o polegar ou outro dedo que tenha força, pressione profundamente o ponto até que haja uma sensação pesada ou entorpecida que se mova levemente para baixo do braço. Mantenha a pressão por 30 segundos e solte. Repita várias vezes ao longo do dia.

Além da acupressão em Qu Chi, Pai Da é feito neste momento. Com uma mão aberta, bata a área do ponto com intensidade moderada. No início, a técnica deve começar mais suavemente, o que é conhecido como Wen Pai, e depois progredir para uma estimulação mais forte conhecida como Wu Pai. Pancadinhas alternadas nos lados direito e esquerdo do corpo, continuando por 5 a 10 minutos (ou mais). Enquanto dá tapinhas, a pele do braço ficará vermelha. Em termos médicos chineses, bater traz o Yang para a superfície da área do corpo que está sendo estimulada. Ao fazê-lo, pode ajudar o corpo a limpar o calor que pode se acumular durante o verão.

Em vez de aplicar Pai Da somente em Qu Chi, todo o canal do Intestino Grosso pode ser estimulado. Comece do lado de fora do ombro batendo para baixo ao longo do braço, terminando na área He Gu 合谷穴 IG4, no meio do segundo metacarpo, entre as peles clara e escura da mão (ver imagem). Nesta direção está se movendo contra o fluxo normal do canal aplicando um método de drenagem mais eficaz na limpeza do calor. Por favor, lembre-se que o Pai Da não deve ser feito em áreas de feridas ou fraturas, mulheres grávidas ou por pacientes com câncer. Em geral, é melhor fazer sob a supervisão de um médico de medicina chinesa, acupunturista ou de um professor de Qi Gong.

Tratamento com Calor Durante O Verão

Enquanto a maior parte deste artigo até agora se concentra em como limpar o calor extra do corpo no verão, há um método de tratamento especial que realmente usa calor durante o período mais quente do verão!  Na Dinastia Qing (1644 – 1912), havia um método de tratamento de doenças crônicas com presença de frio, empregando-se moxabustão nos três dias mais quentes do verão! Estes dias são chamados de San Fu Tian 三伏天 , e o método de tratamento de San Fu Moxibustion, ou San Fu Jiu 三伏 灸. Se você sofre de alguma doença crônica e sente muito frio, ou tem aversão ao frio, procure um acupunturista e comente sobre esta técnica com ele, para lhe ajudar.  😊

San Fu Jiu foi originalmente usado para tratar problemas respiratórios crônicos como asma, embora nos tempos modernos tenha sido expandido para outras condições. A teoria básica do tratamento de San Fu combina o uso eficaz de ervas quentes aplicadas a adequados pontos de acupuntura, mediante diagnóstico, no corpo durante os dias mais quentes do verão. Esta intensidade do calor expele o frio mais encrustado no corpo. Obviamente, no entanto, este tratamento é projetado para pacientes com deficiência e frio, e não deve ser realizado em pacientes que, em geral, têm condições calor ou fogo.

O primeiro dos dias de San Fu é o terceiro dia de geng (Yang metal), depois do Solstício de Verão no calendário chinês. O segundo dia é 10 dias após o primeiro, e o terceiro dia é o primeiro dia do geng após o início do outono. Normalmente há três dias neste método de seleção de dias, mas ocasionalmente há um quarto dia adicional – 20 dias após o primeiro – que pode ser usado. Deste ano os dias para a prática do San Fu no Brasil caem no ano que vem. São: 18 de janeiro, 28 de janeiro e 07 de fevereiro de 2020. Cada dia é o início de um período de dez dias corridos que podem ser utilizados para tratamento. Há também formas de tratar utilizando apenas os 3 (san) dias fu. Ao meio-dia nesses dias (horário mais Yang) é aplicada uma pasta especial a pontos de acupuntura na parte superior das costas para promover o Yang Qì e expelir o frio. Embora as receitas desta pasta variem, elas incluem ervas muito quentes, além da moxa, como a semente de mostarda (bai jie zi 白芥子), o asarum (xi xin 細辛) e o suco de gengibre. Pastas com mostarda são muito irritantes e causam uma reação de aquecimento na pele, e se deixadas por um período muito longo de tempo elas podem até criar uma queimadura química. Pode ser realizado também moxabustão direta com 3 a 6 cones em cada ponto adequadamente selecionado, sobre uma fina camada – em média 3mm – de gengibre fresco. Portanto, San Fu Jiu só deve ser realizado por um profissional licenciado de acupuntura ou medicina chinesa e que esteja familiarizado com a técnica e sua aplicação.

No Oriente há um costume tradicional de comer ginseng e caldos ou sopas quentes nesses mesmos dias em San Fu, este remédio pode ser feito por qualquer pessoa em casa. Ginseng têm uma função muito nutritiva, e comer em conjunto caldos ou sopas quentes de legumes e uma raiz (por exemplo, gengibre ou inhame) nos dias de San Fu pode ajudar a construir o Yang Qi interno para prevenir doenças nas estações mais frias que se seguem. Método muito útil para pacientes que geralmente têm Qì fraco, especialmente do Baço ou Pulmão. Pacientes que são muito quentes por natureza devem evitar comer essa sopa no verão.

Yang se expande, então Yin começa

Yin e Yang estão constantemente em estado de transformação mútua. Em outras palavras, quando algo atinge seu apogeu, naturalmente se transforma em seu oposto. Quando o Yang atinge o pico, ele se transforma em Yin e vice-versa. Todos nós vemos isso diariamente no ciclo entre o dia e a noite. Durante o curso do ano, isso acontece quando o clima quente se transforma em frio e frio e depois volta a aquecer.

Embora o verão seja uma estação do Yang, porque o verão é a expansão máxima do Yang, é também a época em que o Yin nasce. No calendário chinês, o pico do verão é o Solstício de Verão (xia zhi 夏至), que este ano cai em 22 de dezembro no Brasil. Até esta data, os dias continuam a ficar cada vez mais longos. No entanto, a partir do dia seguinte deste pico, a duração da luz diminui cada dia. Este encurtamento da luz é a diminuição gradual do Yang no mundo natural para abrir caminho para a época Yin do ano. Assim, o Lü Shi Chun Qiu (Os Anais da Primavera e Outono de Lü Bowei; 呂氏 春秋), o texto clássico da filosofia chinesa do século III a.C., diz que durante o verão “a pessoa iluminada jejua e observa as vigílias, certifica-se de ficar tranquilo dentro de sua casa, e manter seu corpo completamente quieto… Acomoda o de seu Coração, mantém a quietude em seus órgãos internos e não se envolve em nenhum empreendimento precipitado. Ele faz todas essas coisas para assegurar a conclusão dos primeiros traços de Yin.”

Nesta estação do Yang e do movimento, portanto, é aconselhável ainda reservar um tempo para a quietude e a reflexão. Uma vez que o pico de Yang passe, o próximo movimento é de contração e armazenamento. Esta é uma recomendação particularmente urgente para aqueles que vivem neste mundo moderno e rápido. Todos nós nos esforçamos constantemente para estar em um estado Yang mais jovem, mais rápido, mais alto. E certamente durante o verão isso parece apropriado. Mas no meio de Yang, está esse Yin nascente que também precisa participar. Esta é uma lembrança de que nós, como método de preservar a saúde e longevidade, devemos ter “tempo para cheirar as rosas”. Afinal, eles florescem no verão. 😊

RECEITAS

Licorice e Cone Mung Bean – Gan Cao Lü Dou Zhou 甘草 綠豆

Ingredientes:

Arroz 150g

Alcaçuz (gan cao 甘草) 50g

Broto de Feijão (lü dou 綠豆) 50g

1 Cubo de açúcar integral

Instruções:

  1. Coloque alcaçuz em 1850ml (pouco menos de 8 xícaras) de água. Deixe de molho por cerca de 10 minutos, em seguida, deixe ferver rapidamente em fogo alto. Depois de ferver, reduza para uma chama média e cozinhe por cerca de 15 minutos ou até que a água fique amarela. Coe as fatias de alcaçuz.
  2. Coloque os brotos de feijão na água do passo 1 acima e leve para ferver. Depois de ferver, reduza para uma chama baixa e cozinhe por cerca de 40 minutos até que os grãos estejam macios.
  3. Adicione o arroz e continue fervendo por cerca de 30 minutos, até que o arroz esteja pronto para quebrar e toda a mistura tenha uma consistência pastosa. Adicione no açúcar da rocha a gosto.

Esta receita aromaticamente abre o estômago, fortalece o baço para transformar a umidade e limpa o calor e drena a umidade. É apropriado para a maioria das pessoas no calor do verão, mas deve ser evitado por aqueles com baços muito frios e fracos, ou pessoas com diarreia de baço e estômago fracos.

Nesta receita os brotos de feijão limpam o calor e eliminam o calor-umidade do verão. Alcaçuz é suavemente refrescante e suplementa o Baço e o Estômago. O sabor doce ajuda a nutrir os fluidos e a natureza suave do arroz cozido em mingau elimina a umidade. O alcaçuz usado nesta receita é a raiz de alcaçuz usada na fitoterapia chinesa, e pode ser comprada seca e fatiada em qualquer farmácia chinesa à base de ervas.

Salada Mediterrânea de Beldroega

Beldroega é uma erva culinária que só está disponível fresca no verão. Tem um sabor levemente azedo, mas muito refrescante e pode ser usado tanto como alimento quanto como remédio. Em chinês, a beldroega é chamada Ma Chi Xian 馬齒莧 e é uma erva que é conhecida por limpar e eliminar calor tóxico. É usada internamente para tratar disenteria e topicamente para tratar a dor e inchaço de insetos tóxicos ou picadas de cobra. Pesquisas modernas mostraram que a beldroega é útil no tratamento da shigellosis, também conhecida como disenteria bacilar.

Além de seu uso na medicina, a beldroega é uma planta comumente consumida em áreas como o Mediterrâneo. Uma deliciosa salada pode ser feita de pepino, tomate, beldroega e outros verdes. Primeiro, pique o pepino e o tomate em pequenos pedaços ou cubos. Misture em verduras da salada frescas com as beldroegas grosseiramente picadas. Cubra com uma pequena quantidade de azeite extravirgem, vinagre de maça orgânico e pouco de pimenta preta moída na hora.

Esta receita usa vegetais sazonais frescos. Todos os ingredientes vegetais são ligeiramente refrescantes e ajudam a umedecer e proteger os fluidos sem criar umidade. A beldroega e o vinagre são ambos levemente ácidos, o que também protege os fluidos que foram danificados pelo calor ou pela transpiração. A pimenta preta é um alimento levemente aquecedor de Yang para contrabalançar o aspecto azedo e refrescante do resto da salada. Este prato é um complemento fantástico para uma refeição maior, ou pode ser comido como uma refeição ligeira por si só. Bom apetite e aproveitem ao máximo este Verão!  😉

Referências:

Knoblock J, Riegel J, trans. The Annals of Lü Bowei. Stanford, CA: Stanford University Press, 2000.

Lu HC, ed. 黄帝内經(素問,靈樞)難經原文(段落難号)[The Original Chinese Texts of the Huang Di Nei Jing (Su Wen, Ling Shu) and Nan Jing]. Vancouver, Canada: International College of Traditional Chinese Medicine.

Lu HC, trans. A Complete Translation Of The Yellow Emperor’s Classic of Internal Medicine And The Difficult Classic. Vancouver, Canada: International College of Traditional Chinese Medicine.

Mayo Clinic. Heatstroke. http://www.mayoclinic.com/health/heat-stroke/DS01025. Accessed April 30, 2013.

Pitchford P. Healing with Whole Foods. North Atlantic Books, 2002.

Sun LB, Wang T. 黄帝内经二十四节气饮食法 [Yellow Emperor’s Inner Classic Dietary Therapy for the 24 Seasonal Nodes]. Beijing: Chemical Industry Press, 2010.

Unschuld P, Tessenow H. Huang Di Nei Jing Su Wen: An Annotated Translation of Huang Di’s Inner Classic – Basic Questions. Berkeley: University of California Press, 2011.

Wilcox, L. Moxibustion: A Modern Clinical Handbook. Boulder: Blue Poppy Press, 2009.

Xiao HC. 拍打拉筋自愈法手册 [Pai Da and Tendon Stretching Home Therapy Manual]. Yi Xing Tian Xia Publishing. 

Internet em: http://www.qigongandlongevity.com/summer-yang-sheng/

Fechar Menu